jump to navigation

Homenagem da fiel torcida 22/01/2010

Posted by admivan in atualidades, Vídeos.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

100 anos de história!

Veja a homenagem da fiel torcida!

Corinthians minha vida

Corinthians minha história

Corinthians meu amor

Viva o timão!

Um novo jeito de vi(VER) a vida 03/09/2009

Posted by admivan in Blog e Eu.
Tags: , , , , , , , , , , ,
add a comment

Atualmente estou passando pelo período “político” da minha vida. E isso é uma coisa inacreditável pois nunca me imaginei fazendo as coisas que agora faço ou sendo a pessoa que agora sou.

A inquietude empreendedora que “sempre” foi tão forte em mim, agora transferiu-se também para outras partes da minha vida.

Comecei a fazer-me perguntas como “Por que?” e, mais frequentemente ainda, “Por que não?”.

Por quê será que os acadêmicos ‘responsáveis’ pela gestão do curso de administração  (na UFG) possuem tão pouco compromisso com o desenvolvimento intelectual de seus alunos?

Por quê será que a maioria das pessoas acha tão difícil e complexo implantar uma nova metodologia de ensino em uma universidade pública?

Já que parece ser impossível conseguir algum apoio interno, por que não buscar isso fora? Por que não correr atrás de algum apoio que faça com que a gestão de um curso de graduação seja feita pelos próprios graduandos.

Afinal… quem melhor do que estudantes de Administração para Administrar o próprio curso.

É impressionante o capital intelectual que nós temos em mão e que vejo ser desperdiçada dia após dia por uma gestão engessada e retrógrada como a que está sendo feita.

Esta percepção não é nova, mas só agora está me dando aquela sensação de “Sim eu posso”.

Eu posso, e vou, deixar para trás uma marca para ser eternamente lembrada, e vou começar pela minha própria universidade.

Nunca tive medo de lutar por aquilo que acreditava e estou realmente muitíssimo feliz por encontrar pessoas que tem essa mesma iniciativa. Mesmo que discordemos em idéias, discutir acerca disso é gostoso e me faz crescer.

Eu cresci de maneira inimaginável nestes últimos seis meses…

Foi quando entrei para uma multinacional de estudantes e recém-graduados chamada AIESEC. Foi quando vi dois amigos mudando de país. Foi quando eu vi colegas de classe se tornando pessoas com um grande futuro. Foi quando encontrei um emprego que me mostrou uma carreira. Foi quando eu parei de idealizar e comecei a realizar. Foi quando comecei a dizer o que eu pensava de maneira enfática… e foi quando as pessoas começaram a me ouvir… e começaram a me seguir…

Nesses últimos seis meses adquiri um novo jeito de ver a vida.  Somando-se a isso, magníficas leituras, inigualáveis palestras e intermináveis conversas, adquiri também um novo jeito de viver a vida.

Um jeito que faz com que eu não me preocupe com o que não devo me preocupar.

Percebi que só Iniciativa não é suficiente. É preciso ter Acabativa. E eu consegui desenvolver essa competência.

Devo isso exclusivamente ao meu esforço e ao meu trabalho duro, porque faço parte daqueles que acham que o resultado só vem para os que trabalham.

Felizmente, ainda há muito o que se fazer… e nessa busca constante pelo aprendizado, acabamos por descobrir coisas que nos mudam mais uma vez…

E então começamos tudo de novo, do ponto onde havíamos parado.

Eu realmente amo tudo isso.

Letras de metal – Conto de fadas 17/07/2009

Posted by admivan in Música.
Tags: , , , , , ,
add a comment

Conto de fadas 6

Contos de Fadas – Shaman

Senhora fada, que se esconde nas paredes
A vida é curta e a espera é longa
As estrelas, lá no alto
Desaparecem com o amanhecer
Senhora fada, que se esconde nas paredes

Seu conto acaba de se iniciar
Começa lá de longe,
Na terra de lugar nenhum
Onde o vento sopra um som
pra lá de conhecido
Senhora fada, seu amor a muito foi embora

Oh querida, ouça minha alma e cuide do meu choro.
Porque todas as minhas lagrimas podem criar um rio em meu coração.

“Oh, a vida é boa,
Oh, a vida é boa,
Oh, a vida é boa…
Tão boa quanto você quer que seja!”

Linda senhora, os cavalos estão de volta
Trazendo prazer e felicidade
Mas de repente os cavalos foram embora
Eram apenas as batidas do seu coração sozinho!

Oh querida, ouça minha alma e cuide do meu choro.
Porque todas as minhas lagrimas podem criar um oceano em meu coração.

“Oh, a vida é boa,
Oh, a vida é boa,
Oh, a vida é boa…
Tão boa quanto um beijo!”

Oh minha querida,
Agora eu não posso conter meu choro
Minhas lágrimas me afogaram
E me recuso a perceber

O que resta em minha volta, é tudo tão estranho, é tudo tão escuro
Estou completamente sozinho aqui
Para juntar os pedaços do meu coração

Pequena senhora, seu conto tem um fim
Para o céu, o seu amado foi mandado
Ele se transformou em faíscas que brilham com as estrelas…

…E à noite ele sempre estará lá
Para cuidar de sua fada
E assim ele nunca morrerá.

São suas crianças 19/05/2009

Posted by admivan in Leitura, Música.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far
gravidez%20na%20adolescencia
Adaptado da música Mary-lou – Sonata Arctica

circulo

Mamães ponham suas crianças para dormir,
essa história é muito cruel para elas.
No ginásio ela disse adeus à seus pais
e foi embora com um garoto.
Ela deixou sua família tão boa e calorosa.
Todos os seus amigos disseram “você está louca”.
Mas ela descobriria a vida por ela mesma.
É segunda-feira e ela tem que trabalhar.
Um emprego de garçonete ela certamente achará.
Seu rosto era lindo e sua mente de criança.
O garoto a engravidou, Amanda chorou:
“Sou jovem para isso”.
Ele disse “está acabado”.
Estava tão assustada porque ele ia embora.
O desespero tomou conta, ela mandou uma carta.
“Mamãe me leve de volta, seja bondosa.
Sou apenas uma criança, imprudente e selvagem,
que precisa voltar para casa.”
Mãmãe sabe das coisas.
“Ele prometeu a lua mas não casou com você.”
“Não há nada fazer”
Ela comia por dois,
e ele está saindo com uma garota nova.
Sol ou chuva, é tudo o mesmo,
a vida não é tão cinza.

Mamães suas crianças ainda dormem,
Na segurança de seus doces berços.
A história que eu contei eu presenciei,
Seu anjinho não será sempre tão limpo.
Os dias que virão não são fáceis de se ver,
Você pode mudá-los mas não serão livres.
Eu vejo que você não acredita, ooo-oo,
mas você verá.
Serão apenas crianças, imprudentes e selvagens,
que um dia precisarão voltar para casa.

Things I Wanna Do 04/05/2009

Posted by admivan in Blog e Eu.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

segpraia_noticias_foto_2_objectivos

TWIDO é a abreviação de Things I Wanna Do(coisas que eu quero fazer) uma lista das coisas que você gostaria de fazer na sua vida, carreira, coisas que vocês está participando e etc.

Há, no mínimo, 2 subvisões do TIWDO: são elas o TIWDO na vida e TIWDO na carreira (Partindo do pressuposto que todo mundo quer continuar vivo e tem uma boa vida profissional)

Exemplos de TIWDO na vida:

– Pular de paraquedas

– Conhecer a África

– Apertar a mão da rainha da inglaterra…

E coisas assim. São coisas que você gostaria de fazer na sua vida, que te dariam muto prazer e que um dia, você vai conseguir.

Exemplos de TIWDO na carreira:

– Trabalhar em tal lugar

– Ser dono de uma empresa de cosméticos

– Dar uma palestra sobre dança para dançarinos profissionais

– Ser respeitado internacionalmente pelo bom trabalho

– ganhar mais de Xmil por ano ou por mÊs

coisas assim. Coisinhas que vocÊ gostaria de fazer na carreira profissional.

Há também o TIWDO na faculdade

ex:

– Quero participar de um Centro Acadêmico

– Fazer um intercâmbio

– Organizar uma calourada

– Participar de um protesto social

– terminar com média global superior a X

e por aí vai.

Você faz um TIWDO pra todas as coisas que você participa na sua vida. ONGs, escolas de línguas ou artes, blogs etc.

POr que fazer um TIWDO?

Quando você coloca no papel as coisas que vocÊ gostaria de fazer, elas ficam mais reais, sem contar que é muito mais gratificante ver que as coisas que você queria fazer no passado estão se realizando hoje, que seus planejamentos deram certo e que você conseguiu vencer apesar de todas as dificuldades que a vida lhe impôs.

Ter um TIWDO significa “eu não posso morrer enquanto não fizer tudo isso na lista”… Geralmente a lista nunca acaba, porque quando você realiza algumas, você pensa em outras. Algumas coisas você pode demorar uma semana pra realizar, outras você demora a vida inteira. E o importante é nunca excluir nada da lista, só acrescentar. Quando você for bem velho vai ver as coisas que você queria fazer e conseguiu. VocÊ vai ver também as coisas absurdas que você queria mas não conseguiu, e vai rir por um dia ter pensado em fazer aquilo.

Faça um TIWDO para as suas coisas e trabalhe para conseguir realizá-las.

Realmente vale a pena.

E blogueiros de plantão, copie esta postagem nos seus blogs. Vamos divulgar o TIWDO.

😉

A vingança do porquinho feio 30/04/2009

Posted by admivan in atualidades, Textos.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

090427152655_gripe226

Era uma vez um porquinho feio que não tinha amigos.

Sempre fora diferente, tinha gostos próprios,

e por isso era tão rejeitado pelos demais.

Foi recusado pela mãe quando ainda era leitão.

Por causa de tudo e de todos,

o pobre suíno andava olhando para baixo.

Reconhecia seu sub-lugar na sociedade.

Sua auto-estima era baixíssima.

Em meio a tudo isso, o pobre porco cresceu.

Cresceu e se tornou um adolescente.

As espinhas tomavam conta de sua cara,

os hormônios rugiam,

sentimentos nunca antes sentidos,

começaram a aparecer.

Mas a ignorância também continuara,

e no ensino médio isso foi muito maior.

O porquinho feio apanhava quase todos os dias,

quando não era assaltado,

ou simplesmente humilhado perante os demais.

Nada disso parecia importante a ele,

agora que recebera o convite de aniversário

de sua platônica amada Pônei,

linda e desejada por todos.

Estava confiante de que as coisas mudariam dali pra frente.

Não mudaram. Pioraram.

Era um truque.

Ponei e seus amigos deixaram o Porquinho feio de fora da festa,

na chuva forte, para voltar sozinho e humilhado para casa.

Enquanto voltava , um ódio se formou.

A chuva o deixava enxarcado e com frio, mas ele não se importava,

a chama ardente do desejo de vingança queimava em seu peito,

os hormônios da adolescência pulavam de excitação,

alguma coisa estava acontecendo dentro dele,

e só o que ele sabia dizer é que isso era mal,

e faria pior com todos que ele odiava.

Passou a noite tremendo de frio.

A chuva o condenara a carrasco.

Estava gripado.

E espirrou perto de todos que ele conhecia.

E todos que ele conhecia, ficaram gripados.

E todos que ele conhecia, sentiram dor.

E todos que ele conhecia, morreram.

E ele sentiu-se feliz.

Pela primeira vez na vida, sentiu-se livre.

Espirrou pela última vez.

E morreu.

Sozinho.

Gripado.

Feliz.

A gripe suína mata!

Não irrite o Porquinho, ele pode se vingar!

Parabéns pra mim 18/03/2009

Posted by admivan in Blog e Eu.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

aniversario

Demorou… mas finalmente eu vou completar os meus 18 aninhos de vida.

Acho, sinceramente, que não vai mudar muita coisa, mas só o fato de completar já me deixa feliz.

De qualquer forma, parabéns pra mim, não se fica maior de idade todos os dias. Desejo a mim felicidades, que todas os meus sonhos se realizem, desejo a mim um feliz aniversário. Desejo a mim uma vida longa e próspera e que possa comemorar mais cem aniversários.

hehehe

E olha só que coincidência. Faço 18 anos no dia 18. Acho que isso acontece com todo mundo pelo menos uma vez na vida. Enfim, não tenho muito o que escrever sobre o meu aniversário, só não queria que passasse em branco.

:/

abraços a todos.

De volta à Inquisição 16/03/2009

Posted by admivan in atualidades.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
3 comments

4958p

Vamos matar as bruxas. Bruxas essas que salvam vidas de meninas  estupradas de 9 anos, grávidas de gêmeos; Vamos queimá-las pois estas pessoas não deixaram que o curso natural da vida matasse três pessoas. Modificaram o destino e deixaram que apenas duas morressem. Isso é inadmissível. Se era pra morrer 3 pessoas, que deixem as 3 morrerem.

Arrgh!

As declarações daquele bispo ainda ecoam na minha cabeça. Parece que estamos voltando no tempo ao invés de progredir. O que ele sabe sobre medicina?

Decerto aquele homem não sabe o que é ser estuprado. Talvez se ele tivesse uma filha, e esta tivesse correndo risco de morrer, ele apoiaria qualquer coisa para que esta menina continuasse com vida.

Soube que a menina nem ao menos sabia que estava grávida. Imagina o trauma quando ela descobrisse. Acredito que não seria o bispo a contar a ela e ver os olhinhos desesperados buscarem ajuda em quem não pode oferecer. Acredito que as leis de Deus preservem a vida. Não somente a vida dos gêmeos que não nasceram, mas também da menina.

Os dois que viriam são totalmente inocentes, concordo, mas a garota viva é tão inocente quanto. Pergunto? Ela merece morrer? Não! Ela merece passar pelo sofrimento de ter 2 filhos com nove anos? Não! Ela merece ter alguma sequela permanente por causa do erro dos outros? Não!

E ainda tem a cara de pau de dizer que o crime de aborto é mais grave que o crime de estupro.Vai ver o bispo acha que estuprar não é um crime tão ruim. Afinal, tantos padres fazem o mesmo. O que ele não percebe, entretanto, é que nesse caso, o aborto não foi para tirar duas vidas, mas para salvar outras. A menina poderia se tornar estéril se desse à luz os gêmeos. Os médicos excomungados salvaram não só a vida da menina, mas dos futuros filhos mais bem quistos que com certeza virão.

O arcebispo de Olinda fez com que a confiança na Igreja se tornasse menor do que já era. A Igreja deveria ser algo em que as pessoas se apóiam, buscam carinho, buscam alegria, tranquilidade e fé. Mas os escândalos são tantos que as mães estão tirando os filhos da catequese por medo de estupro. A Igreja, com atitudes como essa, perde a sua moral perante a sociedade e sucumbe, aos poucos, em seus próprios erros.

Já não sei mais o que esperar desse mundo. Do jeito que as coisas estão, eu espero qualquer coisa.